Segunda-Feira, 17 de Junho de 2024
Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária
A Embrapa | Página Inicial | Ouvidoria | Mapa do Site | English | Portugus | A- A+

Este projeto integra os dados gerados pelos projetos de pesquisa relacionados aos seis principais biomas Brasileiros e respectivos sistemas de produção. Ele é responsável pela organização, processamento, armazenamento e disponibilização de dados de emissão de gases de efeito estufa, balanço de carbono e informações relacionadas. Ele também garante o acesso e a replicação controlada dos dados.

Este projeto tem como tema central a avaliação, adaptação e representação de modelos matemáticos, para estimar o balanço de gases de efeito estufa (GEE) nos vários processos biofísicos que ocorrem nos sistemas de produção pecuários.

Este projeto aplica geotecnologias para entender as relações de causa e efeito entre as atividades agropecuárias e os processos envolvidos na dinâmica de gases de efeito estufa (GEE), gerando subsídios para decisões de manejos sustentáveis agronômica e ambientalmente.

A palavra caatinga, "mata branca" no idioma indígena, refere-se tradicionalmente ao conjunto paisagístico do sertão nordestino do Brasil, uma área importante de clima semi-árido em um país com clima predominantemente tropical úmido e sub-úmido. O clima da Caatinga é muito quente, com secas prolongadas cíclicas que exercem forte influência sobre a hidrologia, flora, fauna e socioeconomia da região.

O Bioma Pampa cobre a metade sul do estado do Rio Grande do Sul e constitui parte dos Pampas Sul Americanos que se estendem pelos territórios Uruguaios e Argentinos. Pampas são classificados como estepe pelo sistema fitogeográfico internacional, sendo caracterizados por um clima chuvoso, sem períodos sistemáticos de seca, mas marcados por frequentes temperaturas negativas no inverno.

O Bioma Cerrado (savana Brasileira) é o segundo maior no Brasil. O clima dominante é tropical quente sub-úmido com duas estações, seca e chuvosa, bem definidas. A precipitação varia entre 600 e 2.200 mm anuais, para áreas próximas aos biomas Caatinga e Amazônia, respectivamente. As temperatura médias anuais variam de 22 a 27oC, de acordo com a altitude e susceptibilidade às frentes frias.

A Mata Atlântica estendia-se originalmente por cerca de 15% do território nacional. O bioma compreende um ambiente complexo com cadeias de montanhas, planaltos, vales e planícies de toda a região da costa do Brasil. Na região sudeste ele se expande na direção oeste até as fronteiras com Paraguai e Argentina.

O bioma Pantanal está localizado na bacia do Alto Rio Paraguai, na região centro-oeste do Brasil. É a maior área alagável no mundo com uma área estimada de 240.000 km2 (60% no Brasil). A planície do Pantanal possui altitude entre 80 e 150 m acima do nível do mar e declividade praticamente nula, seus solos têm baixa permeabilidade e existe apenas uma calha de drenagem, o Rio Paraguai.

Este projeto investiga avanços conceituais na diagnose de metano e estratégias de mitigação para ruminantes no Brasil. Estratégias de mitigação envolvendo melhorias nos sistemas pecuários e práticas de alimentação são testadas.

RumenGases está dividido em duas partes:

Voltar